O fórum de Negócios entre Angola e a Rússia tem início hoje (quarta-feira) no período da tarde, no Hotel Epic Sana, em Luanda,  com término previsto para amanhã, dia 8. Numa promoção da representação angolana do banco russo VTB, o encontro vai contar com três sessões plenárias e tem uma agenda bastante apertada.

Nesta quarta-feira (7), os trabalhos iniciam às 14 horas e prevêem terminar às 20. Serão no total 18 comunicações com a duração de 15 minutos cada, sendo 14 no primeiro dia.
 
O forúm terá entre os oradores, no primeiro dia, os ministros da Economia de Angola, Abrahão Gourgel, da Indústria, Bernarda da Silva, o administrador da Agência Nacional para o Investimento Privado (ANIP), José Chinjamba, e o presidente do Conselho de Administração da Zona Económica Especial, António Lemos,.
 
Estarão em debate os temas as oportunidades de Investimento em Angola na Perspectiva do Programa Nacional de Desenvolvimento (PND) 2013- 2017, a Lei do Investimento Privado em Angola e os procedimentos para investir no país e as facilidades de financiamento do banco VTB-África ao sector produtivo em Angola.
 
Os participantes vão debruçar-se também sobre as oportunidades de investimento no sector industrial em Angola, possibilidades de atrair financiamento estruturado e de projectos na economia angolana e a oferta de infra-estruturas de apoio ao sector produtivo da Zona Económica Especial.
 
Quinta-feira serão discutidos os tema as oportunidades de investimento e negócios nos sectores da geologia e minas, de petróleo e gaz natural, da construção e obras públicas de engenharia, assim como a experiência e prática de cooperação entre as empresas russas e angolans no sector diamantífero de Angola.
 
Serão prelectores o ministro da Geologia e Minas, Francisco de Queiroz, o secretário de Estado da Construção, António Teixeira Flor, o director nacional de Petróleos e Biocombústiveis, Amadeu Paquete de Azevedo, e o presidente do Conselho de Administração da Endiama.
 
Depois do forúm haverá reuniões bilaterais separadas e negociações entre os participantes russos e angolanos.