A oferta de mais financiamentos e produtos inovadores aos  clientes assume-se, cada vez mais, como um factor de diferenciação do serviço prestado ao mercado por parte dos operadores da banca comercial angolana. Daí que a exposição em feiras mobilize a definição de estratégias de fidelização de clientes, que inclui a entrada de novos titulares de contas bancárias e aumento dos níveis de adesão aos produtos existentes.

Banco BIC
Uma das garantias do Banco Internacional de Crédito (BIC), presente na trigésima edição da Filda, à sua exigente clientela, é a da continuidade dos financiamentos às empresas e aos particulares, servindo-se para tal da sua carteira de fundos próprios fixada em mais de 700 milhões de dólares (mais de 67 mil milhões de kwanzas).

Conforme garantia do administrador Fernando Duarte, o Banco Internacional de Crédito está neste momento empenhado em divulgar o novo produto destinado aos funcionários públicos, que consiste em conceder crédito a uma taxa de nove por cento, medida recente que abre portas também a uma mudança no modus operandi dos demais “players” do mercado bancário.

Fernando Duarte avança, igualmente, que as presenças consecutivas do BIC nas edições da Filda revelam o interesse da instituição nesta que é a maior bolsa de negócios do país, além do reconhecimento no crescimento dos resultados que a feira tem proporcionado nos indicadores operacionais do banco.

Caixa Totta
Por sua vez, o Banco Caixa Geral Totta de Angola promove o recém lançado cartão de crédito, numa combinação estratégica com a promoção do produto “Depósito seis meses”, que consiste numa aplicação mínima de 10 mil dólares ou o equivalente em kwanzas, com taxas de bonificação entre os 4,00 e 2,5 por cento. Nesta aplicação, o banco sorteia duas viaturas da marca Hyundai, modelo Santafé.

Já no âmbito das comemorações do vigésimo aniversário do Caixa Totta, a instituição dispõe aos clientes o depósito a prazo 20 por cento. A aplicação deve ser constituída em kwanzas e num período de três beneficia-se de 20 por cento de taxa de juros. O valor mínimo é de 500 mil e um máximo de 50 milhões de kwanzas, respectivamente.

Os representantes do Caixa Totta, presentes na feira internacional, disseram que uma das estratégias para os próximos tempos do Caixa Totta é a de implantação das agências nas províncias onde ainda não se faz presente. O objectivo é passar dos actuais 23 para 50 balcões até o final deste ano. O foco operacional continua nas empresas.

Millennium Angola
No início deste mês, o Banco Millennium Angola (BMA) fez a apresentação do “Plano Poupança Júnior”, uma aplicação a prazo com o objectivo de salvaguardar o futuro dos mais novos, alertando-os para a necessidade de amealhar poupanças.

O montante mínimo de constituição do Plano Poupança Júnior é de cinco mil kwanzas e o reforço mensal automático ou pontual são permitidos. Esta aplicação a prazo credita o pagamento de juros no final de cada mês, na conta à ordem associada, mas também existe a opção de capitalização da poupança.

De acordo com Gisela Oliveira do gabinete de Comunicação, a par disso, o Millennium Angola divulga, igualmente, na feira a oportunidade de os clientes ou potenciais verem no banco um parceiro no financiamento aos seus negócios, tendo como base o excelente desempenho deste operador no programa “Angola Investe“, onde lidera a concessão de crédito entre os operadores da banca privada.

Recorde-se que neste programa, o montante máximo financiado é de 20 milhões de kwanzas para as micro empresas, 150 milhões de kwanzas para as pequenas empresas e 500 milhões de kwanzas às médias.

Na 30ª edição da Filda participam, de igual modo, os bancos VTB, Keve, BFA e BPC.