O grupo empresarial Afriperfil, que está no mercado angolano desde 2007, cujo principal foco é o da perfilagem de chapas, caleira de água, perfis de remates, entre outros equipamentos da metalomecânica, já está a desenvolver grande parte destes produtos na sua fábrica instalada na zona do Kikuxi, município de Vianda (Luanda).
Em entrevista ao JE, o administrador da empresa, Nelson Ferreirinho, revelou que se antigamente o grupo que tinha de importar as estruturas metálicas a partir de Portugal onde também está representada, hoje a realidade é diferente, já que tudo é agora produzido em Luanda.
A empresa investiu cerca de três milhões de dólares para a ampliação da sua unidade fabril vocacionada para o fabrico de materiais metálicos para a edificação de pavilhões, pontes, armazéns, edifícios.

Promover o produto
Instalada agora numa área de 10 mil metros quadrados, a fábrica tem capacidade para produzir 200 toneladas/mês e emprega 30 trabalhadores angolanos.
“Com o investimento feito, começamos a produzir tudo aqui em Angola, o que é uma mais-valia para o mercado. Estamos aqui na FILDA para divulgar aquilo que a nossa fábrica produz internamente e contribuir para tornar o sector cada vez mais forte”, salientou.
Em Angola, a empresa tem um volume de negócios de 10 milhões de dólares por ano, tornando-se um grande activo da empresa, apesar de grande parte da matéria-prima é importada.
“Tínhamos também uma filial em Moçambique, mas tivemos que encerrá-la devido aos custos operacionais e sem retorno. Hoje, o nosso grande foco é Angola e Portugal”, revelou.
Nelson Ferreirinho anunciou que dada a procura dos serviços da empresa está em estudo um projecto que visa uma nova ampliação da unidade fabril de Viana.