O Banco Nacional de Angola (BNA) apresentou, recentemente, ao sector financeiro o Portal DES que embora funcione desde Março de 2015 foi agora remodelado e ajustado aos desafios actuais da economia.
De acordo com o administrador Pedro Castro e Silva, numa primeira fase, o aplicativo atendia as necessidades de automatização das fontes de informação estatística para a compilação das estatísticas da Balança de Pagamentos, isto é, módulo da BOP. A partir de agora estreia-se de forma oficial o módulo das Outras Sociedades Financeiras (OSF) do Portal DES, que servirão de suporte para a compilação das estatísticas das OSF através da submissão dos formulários padronizados FDD.
Nos termos da Lei nº 16/10, de 15 de Julho (Lei do Banco Nacional de Angola) e da Lei nº 3/11, de 14 de Janeiro (Lei do Sistema Estatístico Nacional), compete ao BNA garantir e assegurar um sistema de informação para compilação das estatísticas monetárias e financeiras. Por isso, depois de concluído o processo de compilação das estatísticas das OSF ainda no decorrer deste ano, estarão criadas as condições para a compilação e publicação das estatísticas monetárias e financeiras de todo o Sistema Financeiro Angolano (SFA).
“Este será um passo gigantesco, visto que por um lado, os usuários das estatísticas produzidas pelo BNA terão acesso às informações de qualidade e com maior cobertura do sistema financeiro, salvaguardando sempre o princípio da confidencialidade, e por outro lado, as referidas estatísticas permitirão ao BNA produzir a médio prazo as Contas Nacionais Financeiras do país”, disse.
Conforme avançou, o elevado grau de sofisticação dos produtos financeiros em muitos países avançados, tem vindo a aumentar o peso das actividades desenvolvidas pelas Outras Sociedades Financeiras, tais como, Seguradoras, Sociedades de Microcrédito, Cooperativas de Crédito, Sociedades de Leasing e Factoring, Fundos de Pensões, Fundos de Investimentos, etc, no Produto Interno
Bruto dos respectivos países.