As Caixas Automáticas, vulgarmente conhecidas como Multicaixas, no mês de Abril, movimentaram só em levantamentos de dinheiro um valor total de 132,2 mil milhões de kwanzas (481 milhões de euros), segundo dados da Empresa Interbancária de Serviços (EMIS), que gere a rede bancária automatizada.
No mesmo período, as compras nos Terminais de Pagamentos Automáticos (TPA) totalizaram 135,9 mil milhões de kwanzas (495 milhões de euros).
Embora sejam números bastante consideráveis e que revelam um crescente número de utilizadores dos serviços interbancários da Emis, os dados de Abril ficaram abaixo dos registados em Março. Naquele mês, só em levantamentos totalizou-se 166,8 mil milhões (607 milhões de euros) e em compras 149 mil milhões de kwanzas (543 milhões de euros), respectivamente.
A Emis revela ainda que foi, exactamente, em Março, o período destes primeiros quatro (4) meses do ano em que se registou a taxa mais alta de recurso aos multicaixas. Em Fevereiro, os dados dão conta de que em levantamentos as caixas automáticas sinalizaram 136,7 mil milhões de kwanzas (498 milhões de euros) e em pagamentos 123,2 mil milhões (449 milhões de euros). Já em Janeiro, justificado como sendo o mês do ano em que há menos massa monetária a circular na economia as Caixas Automáticas e os terminais de pagamento registaram 117,7 mil milhões (428 milhões de euros) e 127,1 mil milhões de kwanzas (463 milhões de euros), respectivamente.
Ao todo, nestes quatro meses, as Caixas Automáticas da Emis atestam um levantamento de 553,4 mil milhões de kwanzas (2,1 mil milhões de euros) e outros 535,3 mil milhões de kwanzas (1,9 mil milhão de euros) em compras.

Gasta-se mais este ano
A análise aos dados cedidos pela Emis permite aferir que este ano se está a gastar mais dinheiro em relação a igual período do ano passado. Ou seja, nos primeiros quatro meses de 2017 foram registados o montante global de 496,7 mil milhões de kwanzas (1,8 mil milhões de euros) em levantamentos, contra os já referenciados 553,4 mil milhões (2,1 mil milhões de euros) de igual período de 2018.
Até no comparativo, em nenhum dos quatro primeiros meses de 2017 houve mais movimento de dinheiro levantado nos multicaixas que neste ano de 2018. É que em Janeiro de 2017 se leventaram 113,3 mil milhões, contra os 117,7 do deste ano. Em Fevereiro, 121 mil milhões, para 136,7 deste. O Março surge com 136,7 mil milhões, contra os 166,8 mil milhões e em Abril de 2017 ficou-se nos 125,7 mil milhões para os 132,2 mil milhões de kwanza deste ano.
A economista Ana Rodrigues disse ao JE que a compreensão deste aparente contrasenso só deve ser entendido pelo facto de a economia estar a viver alguma euforia, porquanto a entrada de um novo Governo e das suas políticas, por um lado contraccionistas, mas também expansionista noutro, fazem com que as pessoas se lancem ao consumo até com algum exagero.
Para ela, as lições sobre poupanças são fundamentais em ciclos de maior aperto como o que se vive neste momento. Contudo, defende que “as famílias e os agentes económicos não devem em momento algum interromper o ciclo de investimento da economia, onde o dinheiro que recebem deve ser transformado em depósito e este em crédito, para que no final das contas o país possa gerar produtividade e robustez no seu PIB”.

5,72 milhões de cartões válidos na banca

Os indicadores sobre as operações interbancárias da rede de serviços da Emis confirmam que dos 5,76 milhões de cartões válidos no sistema, em Abril, foram considerados activos (cartões com pelo menos um movimento efectuado) 4,26 milhões de cartões multicaixas, cinco pontos percentuais acima em relação ao mês anterior, período em que estiveram activos 4,21 milhões de cartões.
A Emis revela nos seus indicadores agregados do sistema que, este ano, há maior actividade interbancária, o que se confirma pelo elevado recurso aos instrumentos bancários sob sua gestão (multicaixas e terminais de pagamento automáticos), para a aquisição de bens, serviços e alguns produtos de entidades registadas nas suas plataformas.
Em termos de cartões activos, nos quatro meses deste ano, Janeiro surge com 4,16 milhões (contra os 3,62 de 2017), Fevereiro com 4,15 milhões (3,45), Março com 4,21 milhões (3,54) e o Abril que ficou com 4,26 milhões (contra os 3,59 de 2017).
Dados do JE dão conta de que o BFA é o banco comercial com mais cartões multicaixas emitidos, seguido do BIC e BAI sem contudo se precisar números concretos.