Nos próximos 10 anos, a China prevê crescer o seu Produto Interno Bruto (PIB) para valores bastante expressivos. Em 2018, o PIB do país asiático atingiu usd 13,606 bilhões, um aumento de 6,6 por cento comparado com o ano anterior, ainda foi a segunda maior economia do mundo. Os Estados Unidos da América (EUA) estão acima com 17,9 bilhões de dólares. Há uma rivalidade eminente entre os dois países, devido à actual disputa comercial entre ambos, que começou depois que o presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou a 22 de Março de 2018, uma lista de tarifas totalizando usd 50 mil milhões sobre importações provenientes da China, baseando-se na Lei de Comércio de 1974 e citando um histórico chinês de “práticas comerciais desleais” e roubo de propriedade intelectual. Em retaliação, o governo chinês impôs tarifas em mais de 128 produtos norte-americanos, incluindo principalmente a soja, uma importante exportação dos EUA para a China, mas as duas economias do mundo estão em paralelo, ou seja, a renda per capita da China é 9,633 dólares, ocupando a 69ª posição no mundo, e ainda é um verdadeiro país em desenvolvimento, enquanto a dos Estados Unidos o seu Produto Interno Bruto (PIB) per capita foi de usd 62,517 dólares, em 2018, a décima melhor no mundo. Historicamente, a economia norte-americana tem mantido uma taxa de crescimento do PIB estável, uma baixa taxa de desemprego e elevados níveis de pesquisa e de investimento financiado por capitais nacionais, e por causa da diminuição das taxas de poupança, cada vez mais pelos investidores estrangeiros. Já a China tornou-se o maior país do comércio de mercadorias no mundo. A China é o maior produtor de aço no mundo e o terceiro maior produtor de automóveis. O valor total da importação e exportação de mercadorias da China, em 2018, aumentou 12,6 por cento comparado com o ano anterior, ficando em primeiro lugar no mundo, superando os EUA que foi de 4,21 bilhões de dólares, contra os usd 4,62 bilhões da China. Este país investiu no ano passado directamente em 161 países e regiões para a quantidade de 5.735 empresas estrangeiras, num total de usd 1,2 mil milhões, aumentando 0,3 por cento em relação ao ano anterior.