O governador da província do Uíje, Paulo Pombolo, afirmou, recentemente, no encerramento do II fórum de negócios realizado naquela cidade, em alusão às comemorações dos 96 anos da fundação da cidade, que a prioridade do seu consulado estará agora direccionado para um maior investimento na economia local.

O governante assegura que há um ambiente favorável para os investimentos na província, caracterizado por um clima de negócios, em que os empresários podem explorar o mercado e as potencialidades nos sectores da agricultura, saúde, educação, construção civil, serviços, agro-indústria, hotelaria, turismo e outros.

“A nossa província é quase virgem, aqui, na cidade, temos apenas
quatro hotéis, um número que não sastisfaz à demanda actual. Precisamos de cinco unidades do género e os investidores podem aproveitar essa brecha”, apelou.

Segundo o governador, mais de 59 empresas implantaram-se localmente, sendo que 66 projectos diversos foram igualmente apresentados e 76 outras empresas formalizaram já a sua intenção de investimento.

“Quem quiser investir, as condições estão criadas. Estamos receptíveis”, disse.

Sector agrícola
No que toca ao sector agrícola, Paulo Pombolo fez referência à produção de 400 mil toneladas de produtos diversos em 2012, dos quais 30 mil de café. O resgate
da produção de café, afirmou, consta das principais metas sector da agricultura.

“Temos o sector industrial aberto, sobretudo o de citrinos. Os empresários locais têm que interagir com outros para potenciar os seus negócios”, referiu.
De acordo com dados avançados, a feira agro-pecuária desta edição, recebeu mais de 400 expositores, contra os 180 do ano anterior, com destaque para a presença de empresas portuguesas, alemãs, espanholas, sul-africanas, moçambicanas e produtores locais de todos os municípios, algo que o chefe do executivo local considerou um número satisfatório.

“Estamos a tentar negociar o preço do café.Os agricultores queixam-se de falta de valorização da sua produção”,
afirmou.


LEIA MAIS NA EDIÇÃO IMPRENSA DO JORNAL DE ECONOMIA & FINANÇAS QUE CIRCULA NESTA SEXTA-FEIRA.