Cerca de setecentos empresários e empreendedores nacionais estão a ser capacitados desde terça-feira última, pelo Ministério da Economia e Planeamento, no âmbito do Programa de Apoio à Produção Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (Prodesi).
Segundo um documento chegado ao JE, o projecto de diagnóstico das necessidades de formação, elaboração e execução do plano de formação para o staff de apoio ao Prodesi, formadores/investigadores e as Pequenas e Médias Empresas (PME) em Angola, surge com o objectivo de contribuir para o projecto de reforço institucional para o desenvolvimento do sector Privado na sigla inglesa (ICBPSDP), financiado pelo Banco Africano de Desenvolvimento, uma iniciativa fundamental para alavancar a implementação do Prodesi.
Durante a cerimónia de abertura da sessão de formação destinada às Micro Pequenas e Médias Empresas, o Secretário de Estado para a Economia, Sérgio Santos, realçou a importância da capacitação dos homens de negócios nacionais com vista a dinamização da produção nacional.
Para o responsável, os empresários nacionais devem dominar o comércio internacional e não terem receio de enveredar para as exportações.
Defendeu ainda que esta acção de formação vai de encontro à nova estratégia do Instituto Nacional de Apoio a Pequenas Empresas (Inapem), de interacção directa com os empresários e de potencia-los com instrumentos para puderem agir de forma rentável e fazerem crescer os seus negócios.