O sector petrolífero angolano é o maior consumidor dos gases produzidos pela empresa Acail Gás, que, em consequência da actividade, abastece as províncias de Cabinda e do Zaire, precisamente às empresas Petromar, Eni e Sonangol Refinaria. A informação foi avançada esta semana, em Luanda, pela presidente do seu Conselho de Administração, Ana Paula Andrade, no final da visita que o Presidente da República, João Lourenço, efectuou àquelas instalações, no município de Viana. A responsável explicou que a indústria petrolífera é a grande cliente, à semelhança de outros das áreas da pecuária e piscicultura para a oxigenação e para a conservação dos cereais na parte agrícola, que obrigarão ao redobrar do trabalho face à crise que o país atravessa. “Neste momento, como a indústria petrolífera abrandou a sua produção devido à queda do preço do petróleo, o consumo também baixou, causando algumas dificuldades”, referiu a responsável, destacando a importância dos produtos feitos nesta unidade fabril.