Nos últimos dois anos foram reabilitados mais de 1.500 quilómetros (km) de estradas.
Neste particular destacam-se os troços Alto Dondo/Waco Kungo/Ponte do rio Keve, Lucala/Cacuso/Malanje, Mussolo/Dumba/Cabango, Ponte do Quicombo/ponte do rio Eval, Alto Dondo/São Pedro da Quilenda. Do leque das estradas reabilitadas, o sector conta com o troço Mucari/Talamungongo, Mussolo/Dumba Cabango, Catchiungo/Chinhama.
Nos últimos dois anos foram reabilitadas 28 pontes rodoviárias, dois viadutos e construídas 887 casas sociais.
O sector concebeu o Plano de Portagens e Pesagem de veículos, visando controlar o excesso de carga.
No quadro do Programa de Salvação de Estradas foram apuradas, por via de concurso público, 27 empresas de empreitada e 27 firmas de fiscalização, tendo como missão recuperar as vias em degradação em todo o território nacional.
O Laboratório de Engenharia de Angola (LEA) tem acompanhado as obras rodoviárias, através do controlo técnico, da certificação dos materiais e a consequente avaliação das várias fases dos projectos em execução, com o objectivo de assegurar melhor a qualidade e durabilidade aos troços de estradas em execução.
Um dos desafios que o sector se propõe é que doravante, o Lea deverá supervisionar o comportamento das obras durante o período de garantia para que se possam corrigir eventuais defeitos observados.