O açúcar foi o produto mais importado por Angola no IV trimestre de 2017, com 121 mil 621 toneladas, contra as 91 mil 898 toneladas de 2016, representando um aumento de 32,34 em relação ao período homólogo.
De acordo com dados do Boletim Estatístico do Conselho Nacional de Carregadores do IV trimestre de 2017, em termos reais em relação ao período homólogo, houve um aumento na importação de 29 mil 722 toneladas, pese embora haver uma iniciativa industrial da Biocom de satisfazer o mercado
nacional de açúcar.
Na campanha de 2016/2017, a Biocom, unidade industrial localizada em Malanje, produziu 51 mil 514 toneladas de açúcar, superando a meta estabelecida que era de 47 mil toneladas.
Para 2018, a Biocom prevê produzir 100 mil toneladas de açúcar. Até 2022, data em que o projecto Biocom preconiza atingir a sua maturidade, a empresa prevê produzir 256 mil toneladas de açúcar.