Angola Cables, multinacional angolana vocacionada na comercialização de IP e capacidade em circuitos internacionais, gestorado terceiro maior ponto de troca de tráfego do continente africano e a Angonix, participaram de 22 a 24 de Agosto, em Abidjan, Costa do Marfim, no Fórum Africano de Peering, um dos maiores eventos de telecomunicações no continente africano.
Segundo um comunicado à que o JE teve acesso, durante o certame foi destacado o papel do Angonix e da rede IP da Angola Cables devido à sua relevância no mapa africano das telecomunicações. De igual modo, segundo Darwin Costa, gestor de IP da Angola Cables, foram reforçados os acordos de peering, com vista a inteligação de novas redes, de membros que
se mostrarem interessados.
A participação da Angola Cables serviu também para informar os operadores africanos sobre o estado de desenvolvimento dos seus projectos, sobretudo por serem reconhecidamente importantes para os agentes do ecossistema em África, uma vez que serão rotas mais rápidas e de elevada capacidade, que ligarão o continente africano aos maiores centros de produção e armazenamento de produtos e serviços digitais.
“Acreditamos que este evento servirá para a criação de oportunidades de negócio entre os operadores africanos, atrair o maior número de entidades para as nossas infra-estruturas, bem como manter os nossos clientes e parceiros informados sobre o progresso dos nossos principais projectos, nomeadamente, o Monete
o Sacs” disse Darwin Costa
O fórum africano de Peering é um dos mais representativos eventos de telecomunicações em África, com foco essencialmente na internet, interconectividade e pontos de troca de tráfego. É a terceira vez que a Angola Cables participa, justamente como uma promotora do desenvolvimento da internet no continente.

Sobre o Angonix:
O Angonix é um ponto neutro de intercâmbio e agregador de dados de internet, situado em Luanda, capital de Angola, região da SADC, na África Ocidental, que interliga redes globais, operadores de rede e provedores de conteúdos, para manter local o tráfego local e oferecer aos provedores de conteúdo e redes internacionais uma base para se estabelecerem
no continente africano.
Com o posicionamento do Angonix em Luanda, este é o local perfeito para difundir
o tráfego da Internet.

Sobre a Angola Cables
Angola Cables é uma multinacional angolana de telecomunicações, fundada em 2009, que opera no mercado grossista, cujo negócio principal é a comercialização de capacidade em circuitos internacionais de voz e dados através de sistemas de cabos submarinos de fibra óptica. É um dos maiores accionistas do WACS (West Africa Cable System) fornecendo serviços de nível de operador a operadores em Angola e na região subsahariana, tornando-se assim um dos maiores fornecedores de IP grossista na região.
Seus principais projectos - SACS e Monet - vão interligar, América do Sul, América do Norte e África, bem como o Data Center de Fortaleza, uma instalação de Nível III.