O ministro angolano das Relações Exteriores, Manuel Augusto, iniciou esta semana, em Singapura, uma missão exploratória de negócios no quadro da diplomacia económica entre os dois Estados. Segundo uma nota de imprensa do Ministério das Relações Exteriores, chegada à Angop, o chefe da diplomacia angolana já manteve encontro com o ministro das Finanças, Federação de Negócios da Singapura, Government Investment Corporation (Fundo Soberano) e com alguns dos principais grupos empresariais. Manuel Augusto, que se faz acompanhar do ministro dos Recursos Minerais e Petróleo, Diamantino Azevedo, vai participar numa mesa redonda com vários grupos de empresários de Singapura. Integram também a delegação angolana, a secretária de Estado do Tesouro, Vera Daves de Sousa, o secretário do Presidente da República para o Sector Produtivo, Isaac Maria dos Anjos, assim como Ismael Gaspar Martins, administrador não executivo do Fundo Soberano, e Sebastião Gaspar Martins, membro do Conselho de Administração da Sonangol. Um acordo para a criação das bases gerais para a promoção da cooperação técnica deverá ser assinado, no quadro desta deslocação, entre Angola e Singapura. Angola pretende cooperar nos domínios do planeamento e desenvolvimento, tecnologia e inovação produtiva, ambiente e recursos naturais, educação, cultura e património, energia, mineração, pesca, agricultura e agro-negócio, portos, transporte, comunicações, turismo, saúde, bem-estar social, entre outras. A Singapura é a sexta maior praça financeira da Ásia, que interessa bastante a visão económica de Angola.