Angola está a reforçar a digitalização de serviços, o acesso livre à Internet para estudantes e docentes, bem como a criação de uma rede de troca de informações e dados entre instituições de ensino superior e empresarial.
Essas declarações foram proferidas, pelo Secretário de Estado para Ciência, Tecnologia e Inovação, Domingos Neto, no Fórum Ministerial sobre Inovação e Inclusão Digital “MENNA Innovation 2018”, que decorreu de 29 a 31 de Julho no Cairo, Egipto.
O responsável enfatizou que o Governo de Angola, através do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, trabalha no sentido de encurtar a distância entre as Instituições de Ensino Superior e o empresariado, tendo ressaltado a necessidade de se estabelecerem acções para permitir os estudantes finalistas realizarem estágios profissionais e de iniciação à investigação científica
no ambiente empresarial.
O Estado incentiva ainda a realização de projectos de investigação científica que vão ao encontro dos problemas das empresas, para a dinamização.