O corpo jurado, composto por pessoas independentes, atribuiu a super Chiita ao Banco Angolano de Investimento (BAI), como o vencedor da Expo-Huíla edição 2019 pela qualidade, inovação, atendimento e melhor stand.
O grupo empresarial AMS arrebatou o prémio de comércio e representações e o Banco Keve a premiação da categoria AAPCIL. A Omatapalo venceu a chiita da área da Indústria, A empresa Ducap venceu no segmento de hotelaria e restauração, a fábrica “agua preciosa”, na área de bebidas, A Finster Zap o prémio de stand mais Interactiva.
Na área de telecomunicação o grande vencedor foi o banco Sol e nas telecomunicações o vencedor foi o Instituto Angolano das Comunicações, ao passo que no domínio de serviços públicos o Instituto Nacional de Formação Profissional arrebatou o galardão.
O prémio de melhor stand foi atribuído ao Banco Económico. A universidade Mandume Ya Ndemofayo venceu na categoria de melhor instituição de ensino e a Maba Madeiras ficou com a chiita de artes e Cultura, e a Chibia o melhor município.
As feiras locais estimulam e dinamizam o desenvolvimento do sector produtivo, promovem a capacidade real e potencial, atraem novos parceiros e investidores e a consequente criação de novas indústrias, com principal foco para o agro-negócio.
Esta apreciação é do secretário de estado do comércio Amadeu, que prestigiou a inauguração do evento e seminário do sector, inserido no âmbito da 27ª edição da Expo-Huíla.