O Banco Postal, através da sua Unidade de Negócios (UN), tem disponível cerca de 100 milhões de kwanzas para os médios empresários nacionais.
Segundo o director-geral da instituição, Virgílio Mendes, que falava à imprensa à margem do “seminário sobre inclusão financeira”, promovido conjuntamente com o Fórum das Mulheres Jornalistas para a Igualdade no Género, o banco concedeu, de Setembro de 2016 até Agosto de 2018, empréstimos de cerca de 200 milhões de kwanzas a pequenos empresários e comerciantes informais, no âmbito de uma linha de apoio ao micro-crédito e a actividade de comércio informal.
Destacou que a sua instituição está num processo de estabelecimento de parcerias que visam o apoio a projectos de negócios de mulheres empreendedoras.