O Banco de Comércio e Indústria (BCI) vai disponibilizar este ano 400 milhões de dólares para financiar investimentos de pequenas, médias e grandes empresas angolanas.

Segundo o presidente do Conselho de Administração do administrador do BCI, Adriano Pascoal, que anunciou o facto na terça-feira durante uma visita ao município do Soyo, esta instituição pretende com esta iniciativa apoiar o plano do governo na diversificação da economia angolana, através de programas privados para o desenvolvimento das pescas, indústria e águas, dentre outros sectores.

“Temos que relançar a produção interna, investindo nos sectores das pescas, indústria e agropecuária para diminuir a dependência dos mercados externos”, frisou.

O bancário referiu que, no âmbito do desenvolvimento da economia nacional, o Governo angolano investiu recentemente 350 milhões de dólares, só para o sector agrícola, no qual o BCI está disponível a participar na mobilização e na implementação do programa.

O BCI realiza desde Julho de 2008 uma outra campanha de distribuição de microcréditos em todo o país, financiando programas de cooperativas e organizações individuais, por formas a implementar o programa do Governo de combate à fome.

No quadro da sua expansão na região do Zaire, o Conselho de Administração do BCI, segundo o seu presidente, está apostado actualmente na criação de balcões em todos os municípios, com prioridade para o Soyo, onde está previsto a construção este ano de mais uma agência, devido ao crescimento do respectivo mercado que tem atraído muitos investidores.