Camponeses e a classe empresarial do Bengo foram esclarecidos, terça-feira última, pela banca comercial, sobre as modalidades de financiamento do Projecto de Apoio ao Crédito em Caxito, província do Bengo, no âmbito da implementação do PRODESI. O acto de apresentação e divulgação do Programa de Apoio ao Crédito foi promovido pelo Gabinete provincial para o desenvolvimento económico integrado, em parceria com a banca. O vice-governador para o Sector Político Social e Económico, António Martins, disse no acto, que este encontro visa esclarecer à classe empresarial local os mecanismos para a implementação do PRODESI ao Projecto de Apoio ao Crédito. “O PRODESI foi concebido em função da necessidade da diversificação da económia nacional, com foco na substituição das importações com destaque aos produtos da cesta básica e outros bens prioritários de origem nacional, o referido programa enquadra os instrumentos de intervenção do Estado na sua promoção e apresenta as características do projecto que foi concebido para ultrapassar os constrangimentos verificados em programas de iniciativas lançadas no passado com um objectivo semelhante”, disse. António Martins disse que a meta do Executivo, até ao ano 2022 e com base no Plano Nacional de Desenvolvimento (PND), é aumentar a oferta de bens, que o país tem capacidade de produzir quer no sector da indústria transformadora como na agricultura.