Este anúncio foi feito pelo ministro bielorrusso das Relações Exteriores, Wladimir Makei, que falava no final de um encontro com o seu homólogo angolano, Georges Chikoti, que cumpria uma visita de trabalho à Bielorrússia, refere uma nota da Angop.
Segundo Wladimir Makei, a visita do governante angolano abre caminho para o intercâmbio de informações sobre a capacidade financeira, tecnológica, científica, académica
e cultural dos dois países.
A Bielorrússia pretende financiar projectos estruturantes, pelo que várias instituições financeiras, incluindo bancos de desenvolvimento bielorussos, estão preparados para firmar acordos com organizações
congéneres angolanas.
No quadro da sua visita, Georges Chikoti foi recebido no Palácio Presidencial pelo Presidente bielorusso, Alexander Lukashenko, que manifestou o desejo de o seu país estabelecer uma cooperação com Angola em vários domínios.
O chefe de Estado bielorrusso expressou também o seu apoio ao programa de diversificação da economia angolana, e garantiu que os bancos de desenvolvimento da Bielorrússia vão financiar projectos agrícolas e industriais em Angola.