Mil 576 empresas de diversos ramos de actividade foram constituídas no decurso deste ano, pelo Balcão Único do Empreendedor (BUE), no município do Cuanhama, província do Cunene.
As empresas licenciadas são na sua maioria ligadas ao serviço de salão de beleza, cantinas, geladarias, agricultura, entre outros, disse o coordenador do BUE na localidade, Paulo Simões, em declarações à Angop.
Dos 556 processos, foram enviados a AGT para o cadastramento 79 ligados a certidão comercial, 381 para licenças emitidas enquanto 560 seguiram para à administração municipal para a emissão de atestados de residência.
O BUE no Cuanhama atende por dia 30 cidadãos que solicitam a abertura de pequenas empresas.
O BUE é um serviço público cuja finalidade é simplificar o processo de constituição, licenciamento de empresas e regularização de empreendedores que se encontram no mercado informal.
Por outro lado, a direcção provincial do comércio efectuou no período de Janeiro a Julho do corrente cerca de 90 visitas de fiscalização e inspecção nos municípios da província.
As visitas tiveram por objectivo controlar a qualidade dos produtos comercializados e fiscalizar o uso do novo modelo de alvará comercial, referiu o chefe do departamento de inspecção da direcção provincial do comércio, turismo e hotelaria na região, Calmindo Napoleão, em declarações.
No período em análise foram aplicadas seis multas, das quais duas pagas no valor de 318 mil e 72 kwanzas.