ma fabrica com a capacidade de produção de 450 unidades de fraldas e 700 unidade de pensos higiénicos por minuto foi inaugurada esta semana, em Cacuaco, pelo secretario de Estado da Indústria, Kiala Gabriel.
Localizada no distrito urbano de Sequele, cerca de 30 quilómetros da sede municipal, a fábrica denominada, Jóia Industrial, possui três linhas de produção já instaladas, num total de 10 que serão brevemente montadas.
A fábrica, vocacionada ao fabrico de produtos de higiene como fraldas para bebés, pensos higiénicos, guardanapos, papel higiénico e outros produtos conexos, emprega 200 trabalhadores angolanos e 16 estrangeiros.
Na ocasião, o presidente do conselho de administração da Jóia Industrial, Hermon Fukur, disse que as obras do empreendimento tiveram a duração de 18 meses e orçaram seis milhões e 500 mil dólares.
Em declarações à imprensa, o secretário de Estado da Indústria, Kiala Gabriel, disse que o empreendimento prevê a criação de mais 600 postos de trabalho e constitui um incentivo à produção interna, para evitar as importações.
Acrescentou que o produto poderá ser exportado a nível dos países da região da SADC e não só.
 Por sua vez, o administrador municipal de Cacuaco, Carlos Cavuquila, disse que o crescimento urbano que hoje regista não pode ser só de áreas residenciais, mas também de elementos que propiciam emprego às pessoas que nela residem.
“Fizemos o loteamento nesta área para habitações e indústrias transformadoras e outros serviços que podem servir para o desenvolvimento do Cacuaco”, afirmou.