A empresa de construção civil “Carmon” venceu o grande prémio da 16ª edição da Projekta/2019, que decorreu de 13 a 16 do mês em curso, numa cerimónia que distinguiu as empresas em nove categorias.
A cerimónia de premiação, que reuniu responsáveis das mais de cem empresas participantes da feira, entre outras personalidades, marcou igualmente o encerramento das actividades da Eventos Arena do ano 2019.
A Carmon, empresa vencedora desta edição, surgiu em 2007 no mercado angolano, e nos últimos anos está focada na construção de pontes, viadutos e estradas nacionais.
Instalada em oito províncias do país, o ano passado finalizou os viadutos do Kilamba, Zango, Boavista (Luanda), entre outros trabalhos realizados no país.
Na categoria de melhor participação imobiliária venceu a empresa Propricasa, na de engenharia e infra-estrutura a BDM, decoração e design interior a Laskasas, produção nacional a empresa Alaturca, materiais de construção a Mopic, máquinas e equipamentos a Irisfaca, serviços para a construção civil e obras públicas a empresa OEC-Odebrecht.
Em relação ao grupo Eventos Arena, a empresa organizou, neste ano, 12 feiras, sendo apenas duas nas províncias de Malanje e Benguela, enquanto as demais foram realizadas em Luanda.
O responsável desta empresa organizadora de eventos, Bruno Albenaz, considerou positivo o balanço das actividades realizadas ao longo do ano 2019.
Ao falar das próximas feiras, perspectivou que a Projekta/2020, que será realizada de 14 a 17 de Outubro, tenha o mesmo impacto, realçou.
Durante os quatro dias, mais de 11 mil visitantes estiveram na feira, que aconteceu em simultâneo com o Salão Imobiliário de Angola (SIA), denominada Projekta e SIA/2019, e decorreu sob o lema “Projectar o futuro, construindo o presente”.
Em 2018, a Projekta foi realizada em simultâneo com a Expo-Indústria, congregando mais de 200 expositores.