Pelo menos, 200 carteiras são produzidas diariamente na fábrica de carteiras localizada no Polo Industrial do município da Caála, no Huambo, anunciou recentemente o administrador daquela unidade fabril. A fábrica pertencente ao grupo LSGC, é uma das primeiras a entrar em funcionamento naquele parque industrial. Segundo o administrador Abílio Sapalo o empreendimento é resultante de um investimento privado, kz 630 milhões, inaugurada em 2016, a infra-estrutura tem a capacidade de produzir 200 carteiras em média diária , tendo garantido emprego directo a 45 jovens. Abílio Sapalo disse que o projecto engloba a edificação de uma unidade para a produção de tubos de ferro, visando a sustentabilidade do processo de fabricação do mobiliário escolar.Além do fabrico de carteiras, a unidade industrial produz ainda mobiliário hospitalar, mosaicos, portas de madeira, blocos, louça sanitária, varões e ferro. O administrador sublinhou que estão em funcionamento seis fábricas, com destaque para a de produção de perfis de estruturas metálicas, artefacto de cimento e moldura, caixilharia de alumínio, material de construção civil, mobiliário escolar, colchões, beliches, cadeirões, cuja procura é satisfatória no mercado nacional . Francisco Jamba Kata administrador do município da Caála assegurou que os empresários que investirem nesta zona terão como benefícios preços bonificados, bem como facilidade no enquadramento das suas unidades ao nível de ordenamento de território. Por isso, lembrou que o critério de candidaturas, entre vários documentos, prende-se com a identificação da empresa investidora, certidão de registo comercial e estatístico, comprovativo de liquidificação de impostos, certificado de registo de investimento privado.”Acrescentou que, “para o processo avançar queremos trabalhar com os responsáveis e donos dessas indústrias no sentido de conseguirmos alavancá-las”. Numa nota em que o JE teve acesso através do Gabinete Provincial do Comércio, Indústria, Recursos Mineiras do Huambo, indica que, no Polo de Desenvolvimento Industrial da Caála foram identificadas trinta e duas indústrias e os seus ramos de actividade.