Trezentos e cinquenta e um jovens beneficiaram de formação sobre empreendedorismo nos últimos três anos, na província do Cuanza Norte, pelo Centro Local de Empreendedorismo e Serviços de Emprego (CLESE).
A informação foi prestada esta semana, à Angop, em Ndalatando, pelo responsável da instituição, Lourenço Popo da Costa, adiantando que a formação tem por objectivo dotar os participantes de ferramentas necessária para darem início aos seus negócios.
Durante a formação, os participantes receberam conhecimentos teóricos e práticos em matéria de empreendedorismo, criação de negócios, gestão financeira, marketing e vendas, informática e elaboração do plano de negócios.
Acrescentou que a acção visou ainda capacitar os jovens no domínio da gestão de pequenos negócios e ajudá-los a identificar as ideias e transformá-los em projectos concretos, no âmbito da criação de empregos.
Referiu que alguns empreendedores formados pela instituição beneficiaram já de empréstimos bancários para desenvolverem as suas actividades em diversas áreas e outros criaram as suas pequenas empresas que têm contribuido no aumento da oferta de bens e serviços no mercado local.
Os cursos, que têm a duração de três meses e são ministrados em três turnos, custam entre 20 e 30 mil kwanzas, e o próximo com igual tempo de duração, arranca quarta-feira, com a participação de 60 formandos de ambos os sexos.