A província do Huambo tem disponível 141 mil milhões de kwanzas para apoiar às cooperativas e empresas, no âmbito da implementação do Programa de Apoio ao Crédito (PAC), instrumento de financiamento do Prodesi, cujo montante foi disponibilizado visando o fomento de produção interna. Os dados foram avançados, esta semana, pelo chefe do Gabinete Provincial para o Desenvolvimento Económico Integrado, à margem da 2ª Sessão Ordinária do Conselho Provincial de Auscultação da Comunidade, que foi orientado pela governadora da província do Huambo Joana Lina Cândido. Angelino Elavoco, não revelou o número de cooperativas e empresas que deram entrada dos processos para a concessão do crédito, mas assegura que o Programa de Apoio ao Crédito (PAC), inserido nas acções no Prodesi, é um instrumento que facilita o acesso de crédito aos produtores que queiram se dedicar à produção de bens constantes da lista dos 54 produtos, fundamentais à cesta básica e outros.