Cinco milhões 659 mil 825 kwanzas foram arrecadados na província do Huambo, de Janeiro a Março, pelos Correios de Angola, contra os quatro milhões 842 mil 980 kwanzas de igual período em 2017.
Em declarações à Angop, o director desta empresa pública, Jorge Baião, informou que o acréscimo de 852 mil 845 kwanzas é resultado da desburocratização dos métodos de cobrança e de atendimento.
Além deste factor, segundo ele, as campanhas de sensibilização sobre a importância dos serviços de correio também contribuíram no aumento das receitas, já que as mesmas permitiram angariar novos clientes e reactivar muitos que tinham deixado de usar os serviços de correio.
Jorge Baião disse que os cinco milhões 659 mil 825 kwanzas resultaram da prestação de serviços convencionais de internet e express, postais e financeiros, como correspondente bancário ligados ao Banco Postal e Angolano de Investimentos (BAI).