Um grupo de empresários chineses manifestou interesse em investir no sector de medicamentos e produtos de saúde no país.
A intensão foi manifestada durante uma mesa redonda que juntou membros da Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações (AIPEX), Direcção Nacional de Medicamentos e Equipamentos (DNME) e uma Delegação Chinesa organizada pela Câmara de Comércio da China, para Importação e Exportação de Medicamentos e Produtos de Saúde.
No encontro ,José Chimjamba, em representação do Presidente do Conselho de Administração da Aipex, Licínio Vaz, apresentou a Lei de Investimento Privado, do registo das propostas de investimento e dos projectos em implementação na AIPEX, nomeadamente PROCIP e o PROEXPORT.
O encontro contou igualmente com a presença do vice-presidente da Câmara de Comércio da China, Wang Maochun, acompanhado por uma delegação composta de representantes de duas importantes empresas chinesas nas áreas de Fármacos e Seguro de saúde.
Wang Maochun disse na ocasião que, a Câmara de Comércio da China tem como objectivo internacionalizar os seus produtos e adquirir boa reputação no mercado angolano.
No entanto, José Chimjamba disse que a AIPEX tem cadastradas vinte (20) empresas no ramo farmacêutico, a Câmara mostrou interesse em trabalhar com as empresas angolanas, investir em Angola, uma vez que já têm experiência em alguns países africanos de trabalhar com empresas que têm projectos elaborados incluindo a formação dos trabalhadores, disse o responsável.