As obras de reabilitação e recuperação da Empresa Distribuidora dos Produtos da Pesca (Edipesca) de Luanda, avaliadas em 57 milhões de dólares, têm início no primeiro trimestre de 2020, com financiamento do Banco de Exportação e Importação (Eximbank) da Coreia do Sul.
A informação foi prestada quarta-feira pela ministra das Pescas e do Mar, Maria Antonieta Baptista, aos deputados da 5ª Comissão de Economia e Finanças da Assembleia Nacional, no âmbito da discussão da proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE) 2020.
As obras só não começam este ano, devido a um contratempo registado na altura da contratação da empresa de consultoria coreana, uma questão que já está a ser resolvida, de acordo com a govertante.