A companhia áerea Emirates vai reintegrar dois voos semanais entre Luanda e Dubai, garantindo cinco frequências semanais entre as duas cidades, a partir 1 de Julho de 2018. Segundo uma nota de imprensa chegada à nossa redacção, a companhia com a retoma das operações vai dar aos passageiros maior flexibilidade de opções e maior garantia de satisfação. À semelhança do que acontece actualmente, os voos adicionados serão operados por um avião Boeing 777-300ER com oito lugares em primeira classe, 42 em classe executiva e 310 em classe económica, totalizando 360 lugares, numa configuração de três classes.
“Como um país rico em recursos, Angola tem muito a oferecer ao comércio global e nós reconhecemos necessidade de permitir maior ligação entre Dubai e Luanda. Continuamos empenhados em servir os nossos passageiros em Angola, não apenas as mais recentes inovações nos aviões, mas também mais opções de produtos e serviços” disse o vice-presidente para operações comerciais para África, Orhan Abbas. “Esta reintegração dos nossos voos vai beneficiar o turismo, o comércio, potenciar o investimento e a agir como motor da economia, promovendo os negócios e o turismo”, acrescentou o vice-presidente da Emirates.
Ao operar com cinco voos semanais para Luanda, a Emirates oferece aos passageiros acesso a outros destinos da rede, que inclui 35 destinos no Médio e Extremo Oriente, 18 na Ásia e mais de 20 destinos nas Américas e na Austrália. Muito deles efectuados com
o ícone da Emirates o A380.
A nota acrescenta que, além de um aumento na capacidade de transporte de passageiros, os novos voos vão oferecer até 23 toneladas de transporte de carga por voo, dando às empresas e aos comerciantes oportunidade para aumentar as importações de equipamentos electrónicos, de construção e de produtos farmacêuticos.
Assim, o voo EK793, parte do Dubai todos os dias às 09H55 e chega a Luanda às 14H40. O voo de volta EK794 parte de Luanda às 18H15 e chega ao Dubai às 05H00 do dia seguinte.
A chegada do voo ao Dubai está programada para garantir um período de trânsito mais curto aos passageiros, que se conectam aos voos da Emirates, em destinos populares como Nova Iorque, Houston, Londres, Beirute, Seul, Taipei, Singapura, Pequim, Xangai, Guangzhou, Mumbai, Deli, Sydney, Lisboa e outros.