O Governo de Angola e o Reino de Espanha estabeleceram um acordo de cooperação entre a casa África, o instituto de fomento empresarial , o Instituto Superior Politécnico Internacional de Angola (Isia) e a fundação Instituto Camarel para a criação e desenvolvimento de empresas (YNCYDE) para a implementação do projecto de formação de formadores em empreendedorismo e gestão empresarial , financiado pela União europeia. Segundo um comunicado de imprensa que o JE teve acesso, o objectivo desse acordo é facilitar a adaptação de profissionais que enfrentam novas exigências laborais, derivadas especialmente das inovações decorrentes das novas estratégias , tecnologias e transferências de “know how” em formação e consultoria empresarial. A formação, segundo a nota, é destinada aos estudantes finalistas e recém-licenciados, nas áreas de gestão de empresas, banca e seguros, economia e áreas afins. Os interessados deverão fornecer informações que provam que têm qualificações requeridas para o efeito. A nota sustenta que, após a formação, os candidatos com aproveitamento deverão ser contratados como funcionários do ISIA. A formação será gratuita. A nota acrescenta que o referido acordo foi estabelecido no âmbito dos objectivos programáticos do Executivo para o sector empresarial privado, plasmado no Plano Nacional de Formação de Quadros (PNFQ 2013-2020), que planeia as acções que materializam a Promoção do Emprego e Valorização dos Recursos Humanos Nacionais e a Formação e Capacitação de Empreendedores e Empresários. O protocolo de cooperação, prevê a formação de vinte e cinco (25) formadores no domínio do empreendedorismo e gestão empresarial. O projecto é de âmbito nacional e destina-se à formação de líderes de associações empresariais, representantes de Câmaras de Comércio e Indústria, representantes de instituições públicas e representantes da comunidade académica. Foram signatárias do Protocolo de Cooperação a presidente do Conselho de Administração do IFE Dra. Dalva Maurícia Calombo Ringote Allen, o presidente do Conselho de Administração do ISIA Dr. Henriques Carlos Quissola, o Director Geral da Casa África Dr. Luís Padrón Lopes e o Director Geral da INCYDE Dr. Javier Collado Cortés. O programa tem como objectivo geral proporcionar e formar a equipa no uso das ferramentas necessárias para obter um aconselhamento integral para o Empreendedorismo e Fortalecimento da Capacidade Técnica das Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) angolanas. O referido protocolo tem a duração de 8 (oito) meses com início na data da sua assinatura e término a 31 de Dezembro de 2018.