A empresa angolana “JMV”, sedeada no Sumbe, Cuanza Sul, exportou em Junho deste ano 72 toneladas de café robusta para Valência (Reino de Espanha), anunciou, o seu proprietário, Joaquim Manuel Ventura.
Joaquim Ventura disse em declarações à Angop que o projecto foi lançado em Novembro de 2018, tendo os primeiros ensaios de exportação do produto sido realizados para o mercado espanhol.
Referiu que actualmente segue via marítima, o terceiro carregamento de 18 toneladas, perfazendo 72 toneladas canalizadas em Valência. Questionado sobre as vantagens, afirmou que exporta o café comercial sobre prejuízo, ao preço de 1.400 dólares norte-americanos por cada tonelada ao passo que a transportação do navio de Luanda/Valência paga 1.90 dólares por tonelada.
“A estes custos associamos o facto de parte da produção ser adquirida dos produtores ao preço de 350 kz por cada quilograma e a venda no mercado nacional no valor de 450 kz”, acrescentou.
A JMV tem uma produção anual de 30 toneladas de café e compra dos produtores outras 100 toneladas para a comercialização interna e externa.
A par disto, através de uma “joint venture” a JMV colocou este ano no mercado português 18 toneladas de café comercial.