Angola estará representada com um pavilhão na primeira feira intrafricana, a decorrer de 10 a 17 de Dezembro, no Cairo, Egipto, numa iniciativa da Afreximbank e a União Africana (UA).
A informação foi prestada pelo presidente da Comunidade de Empresas Exportadoras e Internacionalizadas de Angola (CEEIA), Agostinho Kapaia, quando discursava na abertura do whorkshop de formação sobre empreendedorismo - Emprotec, organizado pelo Ministério do Comércio em parceria com a União Europeia.
De acordo com o responsável a feira é uma grande oportunidade na medida em que o afreximbank irá disponibilizar 25 mil milhões de dólares norte-americanos para investimento em África em diversos sectores.
Referiu que na mesma, as empresas africanas poderão expor os seus produtos, na medida em que irão interagir com organizações similares de outros continentes. Salientou que o evento se realiza num momento em que os países africanos têm discutido questões ligadas ao aumento da produção nacional, as exportações no continente, a capacidade das empresas africanas e sobretudo apelar para um maior investimento na transformação dos recursos naturais africanos.
Angola estará representada com empresas que já se dedicam a exportações, assim como contará com a presença de bancos visto ser uma oportunidade para a captação de investimento.