Uma linha de crédito de um bilião de dólares norte-americanos foi disponibilizada nesta segunda-feira pelo Export Development Canadá (EDC) para Angola, com o objectivo de facilitar as trocas comerciais entre os dois países, disse em Luanda, a embaixadora daquele país, Barbara Richardson.

Barbara Richardson fez esta afirmação no seminário sobre "Fazer negócios em Angola", organizado pelo Conselho Canadiano para a África (CCA), em colaboração com o Departamento de Assuntos Exteriores e Comércio Internacional do Canadá.

A diplomata canadiana informou que nos últimos cinco anos, as exportações do Canada para Angola cresceram para um valor que ultrapassa os 177 milhões de euros, enquanto o comércio bilateral já superou os 2,5 biliões.

"No comércio entre os dois países, as exportações são lideradas pela indústria transformadora, extractiva, sectores de bens alimentares e serviços de engenharia", disse.

Segundo afirmou, nessa cooperação Angola tornou-se num dos maiores parceiros comerciais do Canadá em África.

"Estamos a construir uma relação comercial forte e duradoura. Temos de continuar especialmente neste tempo de crise", disse Barbara Richardson.

A visita da missão Comercial Canadiana tem como objectivo reafirmar os laços de cooperação entre os dois países, incentivar o comércio bilateral e o investimento.

O programa da missão canadiana inclui encontros com titulares de vários ministérios e empresas angolanas.