Um valor de 25 milhões de dólares foi investido pela empresa “AP Foods” para produção de massa alimentar de marca “Massa Kiamo”, disse nesta quinta-feira, em Luanda, o director-geral da empresa, José Paulo Van-Dúnem.
A empresa que arrancou em Janeiro deste ano, tem uma capacidade instalada de duas toneladas e 200 quilos/hora e projecta aumentar para sete toneladas/hora no próximo ano.
“Os objectivos da empresa passam por conseguir começar a instalar uma segunda linha ainda este ano, e a meio do próximo ter a linha instalada. Queremos montar uma moagem para deixar de depender em termos de matéria-prima, algo que vai aumentar os postos de trabalho, facturação e o bem-estar dos trabalhadores em geral”, disse.
Na ocasião, a ministra da Indústria, Bernarda Martins, assegurou que a produção de bens alimentares em grandes quantidades está nas grandes prioridades do Plano Nacional de Desenvolvimento (PND), que atribui grande responsabilidade na actividade alimentar.
Referiu que o país tem um consumo deste tipo de massa na ordem de 140 a 160 mil toneladas por ano, o que quer dizer que uma indústria desta dimensão não cobre as necessidades, mas, adiantou, “é assim que vamos caminhando para a substituição das importações”.