Cinco fábricas do sector das bebidas nos municípios de Viana e Icolo e Bengo, em Luanda, receberam, na quarta-feira, a visita do secretário de Estado da Indústria, Quiala Gabriel, para avaliar o estado de funcionamento das unidades fabris.
Tratam-se das fábricas Mosvipo, que produz a marca da água Nascente Cristalina, em Catete, Sumol Compal, em Bom Jesus, Companhia de Bebidas do Bom Jesus - Cuca (Cobeje), Nanpak BevCan Angola (ex-Angolata), em Viana, Refriango e a unidade fabril de embalagem de vidro, em Viana, respectivamente.
A indústria das bebidas é actualmente dos sectores da economia nacional mais concorrencial, diversificado e auto-suficiente.

Ende cobra
taxa do lixo

Desde a passada quarta-feira, os clientes da Empresa Nacional de Distribuição de Energia Eléctrica (ENDE) começaram a pagar a taxa de lixo, confirmou, em Luanda, o presidente do Conselho de Administração desta empresa, Francisco Talino.
Os cidadãos que se dirigirem aos balcões da Ende para efectuar a liquidação da sua conta da energia pagarão em simultâneo a taxa do lixo, fixada em 2.500 kwanzas para a zona urbana e 1.500 para as áreas sub-urbanas, só para a província de Luanda.

 BREVES
Encontro
MAPTSS traça estratégias
Os trabalhos do Conselho Consultivo do Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS) que iniciaram na quarta-feira, em Ondjiva, província do Cunene, sobre orientação do ministro de tutela, Pitra Neto, tiveram como objectivo balancear as actividades realizadas pelo sector em 2016 e traçar metas e desafios para o presente ano. Os participantes ao certame analisaram questões de formação profissional, acção inspectiva, formação de funcionários públicos, protecção social obrigatória e empregos gerados na administração pública e na economia.

BANCA
Sector desafiado a prosperar
O director-geral da Angola School of Management (ASM), José Maria Wannassi, defendeu, na terça-feira, em Luanda, a necessidade de reflexão dos actores do sector bancário nacional sobre os avanços tecnológicos na actividade bancária. Falando à Angop no final do primeiro encontro da ASM, que tratou do futuro da banca digital, o responsável disse ser um tema actual que está a revolucionar a maneira de como os bancos fazem negócio.

Balanço

Emprego cresce no mercado
Um total de 159.773 postos de trabalhos foram criados pela Administração Pública bem como no sector económico, durante o ano de 2016, menos 101.326 em relação ao ano de 2015, soube a Angop, em Ondjiva, Cunene, através de uma nota do Ministério da Administração Publica, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS).
Entre as áreas de actividade destaca-se comércio, agricultura, pescas, transportes, geologia e minas, águas, energia, educação, hotelaria e turismo, saúde, telecomunicações e empresas de segurança.
Durante 2016, formou-se 42.679 cidadãos em várias especialidades de formação técnica.