Cento e 50 jovens receberam recentemente em Malanje, os certificados dos cursos de empreendedorismo, contabilidade geral e informática, ministrados pelo Fórum Angolano de Jovens Empreendedores (Faje), em parceria com o Centro Local de Empreendedorismo e Serviços de Emprego (Clese).
A formação visa auxiliar o governo de Malanje nas actividades voltadas ao auto-emprego e geração de renda no seio da juventude, sobretudo a empreendedora,
e teve a duração de três meses.
Falando na cerimónia de entrega dos certificados, o governador provincial de Malanje, Norberto dos Santos “Kwata Kanawa”, mostrou-se bastante satisfeito pela iniciativa do Faje e do Clese em munir os jovens de
ferramentas e conhecimentos.
Disse que os novos empreendedores estão igualmente habilitados a criar os seus próprios negócios e a
garantirem o auto-emprego.
Assegurou ser necessário que os jovens certificados começam já a dar os seus primeiros passos, procurando e criando empregos, em alinhamento a estratégia do governo que
visa diversificar a economia.
O coordenador provincial do Faje, João Gaspar, disse que outros 150 jovens já matriculados vão, a partir deste mês, beneficiar dos mesmos cursos. Precisou que os jovens que frequentam os referidos cursos gozam de protecção especial, para a efectivação dos seus direitos económicos e sociais, sobretudo no ensino, formação profissional, cultura, segurança social e
o acesso ao primeiro emprego.
De acordo com o responsável, a política da juventude tem como objectivo prioritário o desenvolvimento da personalidade dos jovens e
integração na vida social do país.
João Gaspar agradeceu o Governo, pelo apoio prestado durante a formação dos jovens. O Clese é uma instituição do MAPTSS, enquanto o Faje é uma organização juvenil de direito angolano, que promover actividades de empreendedorismo.