Um fórum empresarial entre Angola e Índia realizou-se recentemente em Luanda, onde foram abordadas questões relacionadas com as oportunidades de negócio entre os dois países, e de duas linhas de crédito cedidas pelo Banco de Exportações e Importações da Índia (Exim-Bank-Índia), ao sector empresarial nacional.
O evento foi uma iniciativa da Agência para Promoção de Investimento e Exportações de Angola (APIEX), em parceria com a embaixada da Índia . O fórum visa também proporcionar um ambiente de negócio favorável, no qual os empresários angolanos e indianos poderão explorar as possíveis oportunidades comerciais e incrementar as fontes de financiamento
para empresas angolanas.
O representante do Exim-Bank, Sanjay Lamba, disse que os investimentos podem ser cedidos através de duas linhas de crédito. “ Uma entre os governos da Índia e de Angola e outra para empresários indianos associados a uma empresa angolana ou por uma subsidiária”, afirma.
Sanjay Lamba informou que se trata de linhas de crédito abertas e que o valor depende do projecto de investimento. O embaixador da Índia em Angola, Sushil Singhai, garantiu que as relações entre Angola e Índia são boas, visto ser o segundo maior fornecedor de petróleo bruto da Índia na África Subsariana e que o comercio bilateral entre os países atingiu os cerca de 8 mil milhões de dólares em 2013 com as exportações de petróleo, número reduzido para cerca de 3 mil milhões de Dólares em 2016 fruto da
queda do preço do crude.
O diplomata, disse que a situação representa um desafio e uma oportunidade para ambos os países, na medida que o comercio bilateral deve ser diversificado.
Disse porém, que o Executivo está a diversificar a economia, incentivando o investimento privado, o empreendedorismo e expandindo a agricultura visando a redução das importações.