A França continua a trabalhar para acompanhar os empresários angolanos a encontrar soluções e criar projectos concretos visando a diversificação económica em Angola, afirmou o embaixador Sylvain Itté. Ao falar à imprensa, após um encontro de empresários angolanos e franceses, realizado em Luanda, o diplomata francês disse existir um compromisso da França em apoiar com vários milhões de dólares projectos económicos em África, particularmente em Angola. “A questão principal não é quanto dinheiro estará disponível para ajudar o país, mas saber quais são os actores capazes e identificar sectores possíveis para permitir novas parcerias entre França e Angola, no quadro da diversificação da economia angolana”, esclareceu. Segundo o embaixador, a intenção é ajudar o sector empresarial angolano a estruturar-se e a apresentar projectos concretos e parceiros físicos que poderão cativar o interesse das empresas francesas para investir em Angola. Lembrar que a França é o segundo investidor em Angola, principalmente no sector petrolífero, tendo explicado que o seu país pretende explorar os sectores da agricultura, do turismo e da indústria, com vista a apoiar o programa do Governo angolano de diversificar a sua economia. Itté disse que a França tem a ambição de trazer empresas francesas com grande potencial.