ANTÓNIO EUGÉNIO

A Empresa Genea Angola investiu este ano cerca de USD 20 milhões para construir um edifício de cinco andares para escritórios denominado Vitória Office, no município satélite de Viana, a sul da província de Luanda.

O empreendimento, primeiro do género na região, comportará 104 escritórios, e, segundo o gerente de novos negócios da firma, Leandro Ang, foi concebido com uma linha de arquitectura moderna e funcional.

“O projecto beneficia os seus utentes com ambiente planeado com que há de mais inovador em espaço corporativos”, afirma.

O Vitória Office permite múltiplas opções de espaço e possibilita à empresa personalizar a planta que mais se adequa às suas necessidades.

Dentro do edifício, estarão disponíveis para os interessados cinco tipo de escritórios com tamanhos que vão de 39 a 65 metros quadrados e permitem inclusive a divisão de uma unidade em mais de um módulo. O projecto Vitória vai ocupar um espaço para construção de cinco hectares.

Os futuros inquilinos do projecto pagarão à Genea por cada metro quadrado entre USD 4300 a 4800.

A parte rés-do-chão do Vitória será composta por 16 lojas de diversas dimensões para atender às necessidades dos inquilinos do edifício e moradores do município de Viana.

Oitenta por cento das lojas que farão parte do projecto serão exploradas por agentes com uma tarimba reconhecida no ramo de comércio, que actualmente gerem este negócio no Belas Shoping, em Talatona.

O edifício em construção terá ainda um restaurante para mais de 100 lugares, uma cafetaria e um parque de estacionamento para mais de 100 viaturas.

Dentro do projecto, de acordo com o gerente, será erguido um hotel com cerca de 240 quartos, assim como um condomínio habitacional de cerca 99 casas T3 e T4. Estes dois projectos serão erguidos durante um período de dois anos.

A construção do empreendimento está a cargo da GHS, e teve início em Janeiro deste ano, com previsão de inauguração para Setembro de 2011.

Para aqueles fizerem a compra de um determinado espaço do imóvel durante o mês de Fevereiro, a Genea vai proporcionar um desconto de 15 porcento.

O projecto imobiliário Vitória Office está localizado entre várias infra-estruturas que concorrem para o desenvolvimento de Luanda, como o Porto Seco de Luanda, o Pólo Industrial de Viana e o novo Aeroporto Internacional, ainda em construção.

Outros projectos

A Genea está ainda a desenvolver vários projectos habitacionais, como o Ginga Helena, que vai comportar 18 edifícios com quatro andares, perfazendo um total de 208 apartamentos, o Ginga Cecília com 87 casas do tipo T3 e T4, e o condomínio Ginga Cristina, todos em execução pela Genea em Viana, uma zona em franco desenvolvimento conforme enfatizou a fonte.

Na perspectiva de expandir o negócio imobiliário em Angola, a Genea vai alargar os seus projectos para o interior do país. Este investimento começara pelas províncias do Huambo, Zaire, Lobito e o município do Soyo (Zaire).