A Ghassist, Ground Handling Assistance, SA coloca no mercado angolano novos serviços de assistência a passageiros, visando melhorar a qualidade e serviços solicitados pelos seus clientes.
Um destes serviços é o GH Kids, de assistência personalizado para auxílio aos passageiros que se fazem acompanhar de crianças menores (dos 2 meses aos 8 anos), primando pela qualidade e excelência no atendimento, oferecendo conforto, tendo em vista as necessidades do cliente, mediante a contratação do serviço.
Segundo Yara Assunção, assistente comercial da empresa, este serviço foi desenvolvido a pensar, exactamente nos passageiros que se fazem transportar com crianças.
“Existem as chamadas épocas de pico, ou seja, em que as pessoas mais viajam e, nestas alturas vimos a aflição dos pais quando se fazem acompanhar de crianças menores. Desde a entrada no aeroporto ao embarque no avião, são processos difíceis que, sem um suporte muitas mães fazem a viagem cansadas”, explicou.
Os constrangimentos nos serviços aeroportuários ainda são bastante visíveis logo, a identificação e criação de soluções para minimizar os problemas dos passageiros é a missão das empresas que operam neste sector.
Com um custo bastante reduzido, o passageiro ao seleccionar o serviço GHKids, recebe informação personalizada e actualizada sobre o voo e serviços de que a Ghassist dispõe. Prioridade no embarque, respeitando a ordem da companhia, acolhimento e acompanhamento do estacionamento do Aeroporto ao avião, transporte da bagagem de mão. Acompanhar na passagem de controlo (Segurança/Alfândega).
Todo este processo, com o suporte de uma profissional instruída, treinada e responsável em cuidar bebés e crianças. Contudo, o serviço não é gratuito. No acto da marcação, o passageiro será informado dos valores a serem pagos.
“Por ser uma novidade e a capacidade inicial não é grande, os preços não são muito altos. Temos limites na adesão aos serviços”, aclarou Yara Assunção.