A ministra da Economia da Holanda, Maria van der Hoeven, afirmou nesta segunda-feira, em Luanda, que o seu país está muito interessado em adquirir o gás angolano do Projecto Angola LNG (Gás Natural Liquefeito), com arranque de produção previsto para 2012.

À saída de uma audiência com o ministro angolano dos Petróleos, Botelho de Vasconcelos, a governante holandesa declarou à imprensa que existem já vários contactos entre empresários holandeses que trabalham na área de energia em Angola.

Maria Hoeven referiu que 19 companhias holandesas, das quais três com representação em Angola, manifestaram já o seu interesse em comprar gás nacional e fazer parte do Projecto LNG.

“Discutimos a possibilidade de empresários holandeses participarem na segunda fase de exploração de gás no Projecto Angola LNG que se encontra actualmente ainda na sua primeira fase de implementação”, disse.

A ministra da Economia do Reino dos Países Baixos salientou que a discussão das áreas a investir pelo seu país em Angola foi outro dos assuntos de realce do encontro com o ministro dos Petróleos, Botelho de Vasconcelos.

Outra questão importante, acrescentou, apresentada ao governante angolano, prende-se com o desejo da Holanda em criar uma “rotunda de gás”, de modo a servir de distribuidor do gás que chega a Holanda, a partir de Angola, para o Noroeste da Europa.

Na ocasião, o ministro dos Petróleos, Botelho de Vasconcelos, referiu que o mundo tem tido uma atenção especial na garantia do fornecimento de energia, pelo facto do gás ser mais uma fonte de energia que tem contribuído para o desenvolvimento de vários países.

“(…) Em Angola, num passado recente, o aproveitamento de gás era para produzir energia nas instalações das plataformas. Hoje que foram criadas condições para que este gás associado ao petróleo pudesse ser aproveitado, criou-se o projecto que o país vem já há algum tempo perseguindo, o projecto LNG, que vai fazer o aproveitamento deste recurso que vai contribuir também para o aumento de

receitas do nosso país”, afirmou.

A ministra da Economia do Reino da Holanda (Países Baixos), Maria Hoeven encontra-se no país desde dia 29 de Março para uma visita de trabalho de quatro dias ao país, no âmbito do reforço das relações de cooperação entre os dois países.

Nesta segunda a ministra avistou-se com o seu homólogo angolano, Manuel Júnior e foi recebida em audiência pelo ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, assim como participou no Fórum Económicos, Empresarial, Angola - Países Baixos.