Hytera Communications, empresa líder no fornecimento de Comunicações de Missão Crítica, com sede em Shenzhen (China), apresentou as suas mais recentes tecnologias no domínio dos transportes, numa conferência realizada quarta-feira em Luanda. Actualmente a Hytera detém a maior tranche de mercado na China e a segunda maior no mundo.
A fim de poder prestar apoio e serviços aos clientes, a Hytera estabeleceu mais de 70 sucursais e subsidiárias nos EUA, Reino Unido, Canadá, Alemanha, Austrália, Espanha, África do Sul entre outros, e mais de 4.000 parceiros em todo o mundo. Segundo um comunicado de imprensa que o JE teve acesso, para a concretização dos objectivos a empresa investe todos os anos 15 por cento dos seus lucros em 10 centros de Pesquisa e Desenvolvimento (R&D), sendo cinco na China, dois no Canadá, um no Reino Unido, um na Espanha e outro na Alemanha, o que permite a empresa alcançar novos limites e patamares na liderança de tecnologias maturas em comunicação.
A instituição tem estado sempre atenta à modernização do sector dos transportes em Angola. “Por isso temos o prazer de informar que estamos envolvidos em várias actividades de projectos em Angola como por exemplo, na Rede Nacional de Tetra para o Ministério do Interior. E esperamos que o Ministério dos Transportes e as empresas deste sector possam também beneficiar e tirar vantagens da tecnologia, produtos, serviços e soluções da firma para melhorar e acelerar a eficiência das comunicações e de segurança no sector, incluindo os caminhos-de-ferro, portos, aeroportos, transportes rodoviários, marítimos e fluviais”, disse o director da Hytera Angola, Ken Lin.
“Esperamos que possamos ajudar a indústria de transportes em Angola a desenvolver-se muito e com maior segurança”, concluiu.