A direcção do Instituto Nacional de Defesa do Consumidor na província de Malanje exortou os consumidores locais a denunciar eventuais irregularidades nos produtos colocados à disposição da população tanto no mercado formal como no informal. O apelo feito pelo responsável local da instituição Carlos Correia, surge em função de fortes tendências de adulteração dos produtos por parte dos agentes comerciais por altura da quadra festiva. Segundo a Angop que noticiou o facto, as denúncias deverão ser encaminhadas para os órgãos de inspecção do Inadec, ao serviço de investigação criminal, a direcção da Saúde e outros órgãos afins. Segundo o responsável, outro aspecto a ter em atenção é a rotulagem dos produtos vista como importante factor de garantia dos bens e saúde dos consumidores.