O responsável do Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (Inadec), no Bié, Filipe Baptista Viana, reafirmou segunda-feira, no Cuito, a necessidade dos populares denunciarem actos ilícitos que ferem os seus direitos, visando desencorajar comportamentos maliciosos.
Em declarações à Angop, o responsável sublinhou que diariamente a instituição recebe pelo menos oito queixas de cidadãos que vêem violado os seus direitos, mormente por parte das empresas do ramo do comércio, hotelaria, da (ENDE) Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade e do sector bancário.
Para o presente ano, constitui desafio a expansão dos serviços do Inadec nos municípios do Cuemba, Camacupa, Catabola, Cunhinga, Chinguar, Nhârea, Andulo e Chitembo, essencialmente à sensibilização da população quanto aos seus direitos e deveres.