De acordo com uma publicação do Instituto Nacional de Estatística (INE) foi superada a barreira dos dois dígitos fixando o índice em 9,02 por cento.

O histórico da inflação em Angola, a contar do início dos anos 2000 à presente data, remete-nos a considerações profundas, fundamentalmente no que diz respeito aos esforços que têm sido empreendidos pelo Executivo, que viu na redução dos altos níveis herdado pela conjuntura económica nacional uma meta incontornável da sua governação.

O sucesso dos vários programas, constantes do Plano Nacional de Desenvolvimento, depende da estabilização nos principais indicadores macroeconómicos.

Da constatação do Banco Nacional de Angola (BNA), a especulação dos preços no mercado nacional apresenta--se como o principal inimigo da estabilidade que se quer nos preços e nos principais agregados monetários.

Nesta pespectiva, a aplicação de diversos programas de reformas definidos pelos sectores da Economia e das Finanças tendiam à modernização e melhoria do desempenho e da arrecadação fiscal e monetária, propriamente, sendo que acelerar o ritmo de crescimento dos principais indicadores sociais alinhou nos pilares definidos para a concretização de resultados satisfatórios.