O lançamento do primeiro satélite angolano vai revolucionar o sector das telecomunicações no país, assegurou o director Executivo da Infrasat, Diogo de Carvalho, em entrevista à imprensa, no final de uma reunião de trabalho que teve lugar nas instalações da empresa.
Diogo de Carvalho mostrou-se bastante confiante no sucesso do Angosat-1, aludindo que a sua entrada em funcionamento, vai impulsionar o desenvolvimento do sector das telecomunicações no país.
Diogo de Carvalho enalteceu a aposta que o Executivo angolano vem fazendo no sector das telecomunicações, o que permitiu a construção do primeiro satélite angolano.
O gestor reconheceu igualmente que a concessão sobre os direitos comerciais do Angosat-1 demonstra claramente a grande capacidade instalada pela Infrasat, a fim de responder às exigências do mercado.
Diogo de Carvalho informou que, numa primeira fase, a Infrasat conta com duas representações regionais, sendo a primeira em Saurimo, Lunda Sul, que atende a região leste e outra no Huambo para as províncias mais ao Sul do país.
O responsável considerou que a entrada em funcionamento do primeiro satélite angolano vai oferecer múltiplas vantagens, tanto do ponto de vista económico, como na criação de empregos directos e indirectos sobretudo para a juventude.
Quanto à comercialização dos serviços a serem disponibilizados pelo Angosat-1, Diogo de Carvalho tranquilizou os operadores nacionais e demais pessoas interessadas, cujos pagamentos serão efectuados em moeda nacional, o kwanza, evitando com isso a procura frenética
por moeda estrangeira.
O engenheiro assegurou igualmente que todas as condições técnicas e administrativas foram criadas para garantir que os serviços a serem oferecidos pelo Angosat-1 estejam dentro dos padrões internacionais.
O director executivo da Infrasat aproveitou a oportunidade para anunciar que, no próximo dia 10 do corrente, a sua empresa vai proceder ao lançamento oficial da campanha de comercialização do Angosat-1, que terá lugar numa das unidades hoteleiras da capital do país.
A Infrasat adoptou em finais do ano passado o slogan “Comunicação Sem Limites”, para democratizar o uso das novas tecnologias.