O Instituto Nacional de Petróleos (INP) no Sumbe (Cuanza Sul), oferece, a partir deste ano, o curso de formação profissional na especialidade de canalização de gás natural domiciliar, o primeiro no país, avançou ontem, o director-geral da instituição, Mário Botelho de Vasconcelos. “Temos condições de formação de quadros qualificados com recursos às tecnologias modernas fruto da existência de um Centro Tecnológico no INP, que nos dá autonomia de formar e capacitar técnicos de canalização de gás natural ao domicílio e auguramos, que sobretudo, os jovens possam se candidatar e termos os primeiros especialistas no país pós-independência nacional”, rematou. O centro possui na área de soldadura, 36 cabines com capacidade para 72 alunos e caldeiraria com 15 formandos. O INP formou em seis anos 81 soldadores, entre nacionais e estrangeiros treinados para a indústria petrolífera.