O número do Bilhete de Identidade (BI) passará, a partir deste mês (Setembro), a ser o Número de Identificação Fiscal (NIF) para contribuintes singulares nacionais.
Para cidadãos singulares estrangeiros, o número do cartão de residente corresponderá ao NIF, de acordo com uma fonte da Administração Geral Tributária (AGT).
Em Julho de 2017, o Executivo aprovou um novo regime jurídico para o Número de Identificação Fiscal (NIF), para corresponder aos desafios de alargamento da base dos contribuintes e à necessidade de modernização do cadastro e do tratamento da informação fiscal.
Actualmente o NIF vem grafado no cartão de contribuinte, emitido nas Repartições Fiscais da Administração Geral Tribtária.