O governador provincial de Benguela, Rui Falcão, efectuou, de 7 a 11 de Outubro, uma visita aos Estados Unidos da América (EUA), onde aproveitou a Conferência sobre a “Indústria de Petróleo e Gás”, em New Orleans, Louisiana, para atrair investidores norte-americanos segundo apurou, a Angop.
A convite da embaixadora dos Estados Unidos da América em Angola, Maria Nina Fite, o governador Rui Falcão, que se fez acompanhar do vice-governador provincial de Benguela para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas, Leopoldo Muhongo, participou no evento sobre petróleo e gás, incluindo energias limpas, em New Orleans, tendo interagido com empresários norte-americanos que queiram investir em Benguela.
Na sexta-feira, último dia da visita de cinco dias em solo norte-americano, Rui Falcão apresentou as oportunidades de investimentos em Benguela aos empresários norte-americanos em New Orleans e destacou as acções que visam melhorar o ambiente de negócios na província, fazendo com que os empresários tenham mais oportunidades, gerando mais empregos e renda, principalmente para os jovens.
A propósito da visita do governador de Benguela, a embaixadora dos Estados Unidos da América em Angola considera que as boas relações entre os dois países ajudam a fortalecer as parcerias dos empresários americanos e angolanos, favorecendo a troca de experiências.
O estado de Louisiana – por onde passa o rio Mississippi (o maior dos EUA), tem características semelhantes a Benguela, primeiro, por ser uma área de agricultura e por possuir uma rede logística com transportes ferroviários e portos, bem como o sector petrolífero.
Por isso, Maria Nina Fite olha para a presença de Rui Falcão no estado de Louisiana como sinal de compromisso do governo angolano, o que pode despertar o interesse dos empresários norte-americanos, abrindo assim possibilidades para investimentos quer na agricultura, quer no sector petrolífero, em Benguela.