Os órgãos de administração fiscal e comercial da Lunda Norte lançaram há dias na cidade do Lucapa a Campanha de Reconversão das Actividades Económicas no sector informal.
Essa iniciativa é desenvolvida depois do lançamento e expansão da campanha na região Sul da província da Lunda Norte, nos municípios de Cuango e Xá-Muteba. No município do Lucapa, o acto de lançamento foi presidido pelo director do Serviço Regional Tributário, Inácio Morão, e contou com a participação de vários operadores económicos, entre os quais representantes das empresas de compra e venda de diamantes.
A campanha tem como finalidade gerar condições para a estabilidade macroeconómica do país, mediante o aumento das receitas tributárias, a sustentabilidade da dívida pública, a consolidação da política monetária, o fortalecimento do sector financeiro, o crescimento económico, assim como a geração de emprego.
Entre outros aspectos relevantes, a campanha visa ainda a dinamização do sector privado, a melhoria do ambiente de negócios e o aumento da produtividade e da competitividade nacional e a promoção das exportações e substituição das importações, buscando, essencialmente, manter uma relação de proximidade entre o contribuinte e os órgãos da administração, tendo em linha de conta o programa de criação de condições sólidas para as autarquias, a serem implementadas a nível do país.
Para a materialização da campanha no município de Lucapa foi necessária a constituição de sete brigadas, das quais seis móveis, cujo objectivo foi a fiscalização. A brigada fixa deve atender assuntos consequentes às acções de visita e fiscalização e outros pormenores inerentes.